O Aukland City FC se retirou do mundial de club por culpa do Covid

-

O Aukland City FC, representante da confederação oceânica, relatou à FIFA que não irá participar ao mundial de clubes. A competição começaria no dia 1 de fevereiro 2021. Os neozelandeses se retiraram sendo impossibilitados de poder viajar da Nova Zelândia até o Catar por culpa da pandemia. As autoridades locais decidiram de bloquear o time nessa viagem fora do País. Há medo que os atletas possam ser infectados no exterior.

Por isso o torneio será aberto quatro dias depois com a segunda fase. Os jogos serão definidos em Zurique no dia 19 de janeiro. Nessa fase vão se enfrentar os catarianos do Al-Duhail, representantes do País organizador, os egipcianos do Al-Ahly, os sul-coreanos do Uslan Hyundai e os mexicanos do Tigres UANL.

O Tigres é com certeza o favorito para avançar às semifinais. Aí poderá enfrentar ou o ganhador da Libertadores (Palmeiras ou Santos) ou os campeões da Europa do Bayern München. Os Felinos triunfaram 2-1 contra o Los Angeles FC na CONCACAF Champions League graças a dois ex jogadores do futebol europeu: Gignac e Nico Lopez. O primeiro foi o artilheiro da competição com 6 gols em 6 jogos, enquanto o segundo deu a assistência decisiva para ganhar em remontada.

O Bayern é o favorito absoluto. Os alemães perderam apenas quatro vezes com Hans-Dieter Flick no comando. As últimas duas derrotas vieram nessa semana na Bundesliga contra o Borussia Mönchengladbach e na DFB Pokal contra o Holstein Kiel nos pênaltis. Mesmo seja um time fortíssimo de qualquer ponto de vista, físico, técnico e tático, tem que prestar atenção aos adversários. O futebol norte-americano e sul-americano está crescendo sempre mais. Sobretudo ao nível tático que sempre faltou às equipes do outro lado do mundo.

Santos e Palmeiras, no caso que um dos dois chegasse na final contra os bávaros, conseguirão se defender muito bem. Ambos os times, como demonstraram na Libertadores, realizaram uma boa fase defensiva contra os argentinos Boca Juniors e River Plate. Abel Ferreira, técnico do Verdão, é muito bem preparado ao estudar o adversário, então poderia ser uma grande insídia. Invés, se o Peixe ganhasse a final do Maracanã, os europeus terão que lidar com o estilo agressivo do Cuca.

Essa deveria ser a última edição com sete participantes. Infelizmente o COVID estragou os planos, adiando a estréia do novo formato com 24 times cada quatro anos em data desconhecida. A situação dramática reduziu mais uma vez a competitividade num torneio que não poderá contar com todos os campeões dos vários continentes.

Florind Lucas Xhaferri
Florind Lucas Xhaferri
Nato nel 2000 in Albania, cittadino del mondo e innamorato della Terra del Futebol, ama il calcio sudamericano. Sogna di diventare giornalista sportivo.

Già 31 anni dall’incidente di Babsk. Scirea: un campione vittima del...

“Dice che era un bell'uomo e veniva, veniva dal mare. Parlava un'altra lingua. Però sapeva amare”. Lucio Dalla cantò così il suo primo e...
error: Content is protected !!