A Dynamo Dresden vendeu 72mil ingressos para ter o estádio vazio

-

A Dynamo Dresden contra a Darmstatd quebrou um recorde, mesmo a derrota por 3×0. O clube, que ao momento ocupa a primeira posição na 3. Liga alemã, não está passando por um bom período financeiro. Por isso colocou à venda ingressos virtuais, ao preço simbólico de 5 euros, mesmo que ninguém pudesse entrar no GlücksgasStadion.

Os torcedores gostaram da iniciativa, comprando 72.112 ingressos, número três vezes maior que a média público da temporada passada. Isso é surpreendente também porque a capacidade do estádio deles é menos que a metade: 32.066. Durante a partida devia ter também uma coreografia com balões biodegradáveis. Pena que o vento não deixou o espetáculo ocorrer.

A pandemia afetou demais empresas futebolísticas menos “famosas”. Na Alemanha muitas equipes ficaram enfrentando muitos custos, porém sem ter um retorno: salários, custos das instalações desportivas, as viagens desde uma cidade até à outra. Se na Bundesliga o marketing e os direitos televisivos salvaram as sociedades do falimento, nas categorias inferiores a torcida foi uma grande ausência. Não só pelo apoio moral, mas também pelo apoio econômico.

A inciativa da Dynamo Dresden pode, por que não, uma sugestão para outros clubes em dificuldade.

Florind Lucas Xhaferri
Florind Lucas Xhaferri
Nato nel 2000 in Albania, cittadino del mondo e innamorato della Terra del Futebol, ama il calcio sudamericano. Sogna di diventare giornalista sportivo.

I dieci incubi del tifoso della Fiorentina

In queste poche righe abbiamo deciso di provare a racchiudere i dieci incubi che il tifoso della Fiorentina non vorrebbe mai più vivere: 10 –...
error: Content is protected !!